Histórias de Sucesso: Adriele Ribeiro

Adriele apresenta uma postura tímida e contida, características que contrastam com sua enorme força de vontade e excepcional desempenho intelectual. Ao longo do ano foi extremamente agradável perceber como a aluna está focada no processo de aprendizagem e demonstra profunda satisfação ao construir novos conhecimentos. Dentre suas muitas qualidades devemos destacar a generosidade com a qual ajuda todos os colegas, não fazendo qualquer tipo de distinção.

Prof. Me. Vitor Mann Chefe dos Laboratórios de Ciências e Biotecnologia do ORT.

case_ad02

Há cinco anos, Adriele começou a fazer aulas de judô no Instituto Reação e teve sua vida transformada. Em 2015, foi escolhida para receber uma bolsa de estudos na Escola Mater por seu bom desempenho e dedicação no judô e nas oficinas pedagógicas. O Reação acreditou que ela tinha potencial para se adaptar na nova escola sem dificuldades e deu certo.

Uma estudante notável, Adriele sonha em ser médica, estuda violino na Escola de Música da Rocinha e inglês em um projeto social da Escola Americana. Em 2016, foi aconselhada a se inscrever no programa municipal Bolsa Carioca e mais uma vez obteve sucesso: o Colégio ORT, Instituto de Tecnologia, a premiou com uma bolsa integral! Adriele superou todos os obstáculos de adaptação, inclusive suas dúvidas em matemática, e integrou-se perfeitamente. Foi homenageada pela escola por seus resultados e qualidades humanas, fechando o ano de esforço e trabalho com chave-de-ouro. Em 2018, foi selecionada para participar de um projeto de intercâmbio escolar no Panamá, com alunos de outras escolas ORT do mundo, uma experiência internacional super produtiva.

No Reação não foi diferente. Nunca deixou de estar presente nas oficinas, nas aulas de judô, nas aulas de reforço, nos eventos e nos corredores. Para o exame de faixas, os alunos do Instituto Reação escrevem sobre os valores vivenciados durante o ano. A redação de Adriele com frequência é escolhida como uma das melhores do Instituto por seu conteúdo e forma.

Aos 16 anos, ela não tem dúvidas que o esporte lhe ensinou valores fundamentais para a vida e a ajudou a conquistar o que mais precisava: oportunidades.

MENU