Histórias de Sucesso: Anna Clara Almeida Gomes

“O Reação é minha segunda casa, onde eu passo a maior parte do tempo todos os dias e, principalmente, onde aprendo e levo conhecimentos de várias áreas, não só de lutas”

institutoreacao

A judoca Anna Clara Almeida Gomes (Sub21/-60kg) está no Reação desde 2018 e é uma dessas atletas apaixonada pelas artes marciais. Ela iniciou no mundo da luta através do muay thai aos 11 anos em uma equipe da favela da Rocinha, onde foi nascida e criada, e mora atualmente. Em 2015, começou a treinar jiu-jitsu e, três anos depois, aos 16, foi incentivada por seu mestre na época a praticar o judô, esporte essencial para ampliar os conhecimentos dela no universo das artes marciais. A prática do judô passou a ser um diferencial nas competições amadoras de MMA que Anna já participava, já que ela também integra a equipe Brazilian Top Team.

No judô, ela é faixa amarela e é parte da pré-equipe do polo Rocinha, competindo pelo Sub21/-60kg. Ela também integra o time de jiu-jitsu do Reação, no qual é faixa azul. Antes da pandemia do novo coronavírus, ela treinava os dois esportes todos os dias da semana e se dividia para praticar também o NO GI (considerado o jiu-jitsu sem quimono), o wrestling, o muay thai e o boxe, que a ajudam nas lutas de MMA, além dos treinos físicos.

Mesmo tão nova, ela já tem alguns títulos na carreira ligados ao jiu-jitsu. Em 2018, Anna foi campeã juvenil da CBJJP, do Rio Gramppling, e conquistou a medalha de prata no World Cup CBJJO. Em 2019, ela foi eleita a Rainha do Solo na competição interna Rei e Rainha do Solo do Instituto Reação.

Anna Clara tem diversas inspirações para seguir cada vez mais distante na carreira esportiva. Na lista de ídolos, estão seus professores, o lutador brasileiro de artes marciais mistas e dono do cinturão do UFC, Murilo Bustamante, o fundador-presidente do Instituto Reação, Flavio Canto, e o sensei Paulo Caruso, preparador físico do Reação e um dos grandes nomes do jiu-jitsu brasileiro. Representando as mulheres, ela se inspira nas lutadoras Ronda Rousey e em Brianna Van Buren.

Atualmente, Anna tem 18 anos e já concluiu o Ensino Médio. Em seu tempo livre, ela gosta de ir à praia, assistir lutas com os amigos e ajudar a mãe na cozinha nos preparos de um pequeno negócio de doces recém-criado por elas. Seus grandes sonhos são se tornar faixa preta no jiu-jitsu e no judô, ser campeã de grandes eventos de MMA e, no futuro, se especializar em fisioterapia esportiva.

MENU