Como o Judô melhora o desempenho do cérebro? Quais seus benefícios?

Post 4 of 425
Como o Judô melhora o desempenho do cérebro? Quais seus benefícios?

Que praticar exercícios físicos faz bem para a saúde, isso não restam dúvidas. Mas você sabia que, além de manter o corpo mais saudável, o judô melhora o desempenho do cérebro?

Uma pesquisa feita com judocas, corredores de longa distância e indivíduos sedentários, mostrou o aumento da massa cinzenta no cérebro nos participantes que praticavam atividades físicas.

As áreas do cérebro beneficiadas pelo judô, especialmente, são responsáveis pela concentração e pela capacidade de memória. 

Com isso, além dos benefícios que o esporte traz para os seus atletas, o judô também se tornou uma excelente opção para contribuir com o desenvolvimento de crianças com TDAH (transtorno do déficit de atenção e hiperatividade).

Entenda mais todos os seus benefícios e por que o cérebro se desenvolve melhor em pessoas que praticam essa arte marcial.

Pesquisa mostra que o judô melhora o desempenho do cérebro

Realizada pelo educador físico Wantuir Francisco Siqueira Jacini, no Laboratório de Neuroimagem da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), a pesquisa que comprova que o judô melhora o desempenho do cérebro foi feita com 20 pessoas sedentárias e 16 atletas (judocas e corredores).

O estudo apontou um ganho significativo de massa cinzenta nos adeptos de atividade física, incluindo o judô, ao contrário do que acontece com as pessoas sedentárias.

No caso, as áreas da região cerebral que mais foram afetadas positivamente pela prática do esporte são as motoras e as associativas — essas, especificamente, ligadas à memória e à visão.

Além dessas, as regiões relacionadas à concentração e planejamento também foram beneficiadas.

Jacini também acredita que a conclusão do seu estudo abre um precedente para a prática do judô como uma alternativa de tratamento a quem busca reabilitação de doenças neurológicas. 

Essa tese tem como base o fato que as áreas afetadas pelo aumento da massa cinzenta pela prática do esporte estão diretamente relacionadas à melhora da qualidade de vida. 

Demais benefícios da prática do judô para crianças e adultos

Mas além do judô melhorar o desempenho do cérebro fisicamente falando, ou seja, aumentando a sua massa, o esporte é responsável por diversos outros benefícios no corpo e na vida de seus adeptos.

O impacto dessa arte marcial no cérebro das crianças contribui para que elas tenham uma formação neurológica mais sadia. Além disso, possibilita para que cresçam com maior capacidade de memorização e concentração.

Fisicamente falando, crianças, jovens e adolescentes que praticam esse esporte têm um autoconhecimento físico muito maior, contribuindo para conhecerem melhor seu próprio corpo, força e limitações.

Mas não pense que o judô melhora o desempenho do cérebro apenas de quem está em fase de crescimento. Adultos também são altamente beneficiados, a exemplo dos participantes da pesquisa.

Nessa faixa etária, essa arte marcial traz o mesmo ganho de concentração e memória, impactando diretamente nas atividades profissionais e de estudo.

Adultos que fazem judô também conseguem lidar melhor com situações de stress, pois a disciplina aprendida pela prática da atividade contribui para melhorar sua postura na sociedade.

Somado a tudo isso, o judô é um esporte que contribui para:

  • potencializar o raciocínio lógico;
  • aumentar o nível de paciência;
  • desenvolver mais autocontrole;
  • aumentar o condicionamento físico;
  • ter mais elasticidade corporal;
  • trabalhar diversos músculos, como os das pernas, braços e abdômen;
  • promover o emagrecer;
  • aumentar a disciplina;
  • estimular o respeito;
  • conscientizar sobre o autocuidado, incluindo uma alimentação mais saudável e livre de vícios;
  • maior capacidade de avaliar situações que estejam sendo vividas;
  • promover a solidariedade, civilidade, honestidade e humildade.

Como o Reação contribui para a prática do judô

Entre os projetos do Instituto Reação, o Reação Escola Faixa Preta oferece aulas de judô gratuitas a crianças, jovens e adolescentes moradores das comunidades do Rio de Janeiro e de Cuiabá.

Além de trabalhar as habilidades técnicas do esporte, o projeto visa desenvolver o lado social e humano de seus alunos, contribuindo para a formação de indivíduos faixa preta não apenas no tatame, mas especialmente fora dele.

Achou interessante? Então conheça mais sobre o Reação Escola Faixa Preta.

MENU