Entenda como a ciência promove o desenvolvimento intelectual infantil

Post 6 of 431
Entenda como a ciência promove o desenvolvimento intelectual infantil

Crianças são curiosas por natureza. Aproveitando essa característica, a ciência no desenvolvimento infantil tem papel bem importante no seu crescimento.

Tanto que a Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, considera essa forma de aprendizado essencial para a construção mental e intelectual das crianças.

O  programa “Reação Educação”, do Instituto Reação, aborda todo ano temas que estimulam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional dos alunos.

Sabendo da importância da ciência no desenvolvimento infantil, este ano os temas a serem trabalhados serão voltados para essa área:  “O mundo de descobertas; “Da curiosidade nasceu a ciência” e “A ciência como janela para o mundo”.

Conheça um pouco mais sobre cada um dos projetos pedagógicos e aprenda ainda dois experimentos incríveis para fazer na sua casa!

Os projetos do Reação voltados para ciência

Parecem simples brincadeiras, mas experimentos assim são importantes fontes de conhecimento e aprendizado.

Utilizando a ciência no desenvolvimento infantil, o Reação trabalhará com seus alunos três projetos com crianças entre 4 a 12 anos em 2020.

Mundo das descobertas

Para alunos de 4 a 6 anos, o “Mundo das descobertas” tem como base três pilares: a ciência, a coletividade e a arte.

O objetivo é promover experimentações despertando conhecimento científico por meio de atividades lúdicas e artísticas que desenvolvem o senso de coletividade.

Da curiosidade nasceu a ciência

Com foco nas crianças entre 7 e 9 anos, este projeto vai aproveitar a pandemia da Covid-19 para falar sobre a importância da ciência na vida de todas as pessoas.

A ideia é abordar também sua evolução ao longo dos anos e qual relação mantém com a sociedade.

O propósito deste projeto é despertar o desejo de pesquisa, incentivado por uma questão que estamos vendo bastante nos últimos dias: PESSOAS NÃO ESPECIALIZADAS DESLEGITIMIZANDO AS ORIENTAÇÕES CIENTÍFICAS.

A ciência como janela para o mundo

As turmas de 10 a 12 anos vai participar de um projeto que visa a participação nas etapas de construção de métodos científicos.

Ou seja, a observação, a formulação de uma hipótese, a experimentação, a interpretação dos resultados e a formulação de registro.

Um dos objetivos dessas oficinas educativas é despertar o interesse e a curiosidade dos alunos, promovendo a abertura de novas experiências em suas vidas.

A importância da ciência no desenvolvimento infantil

Além de estimular a criatividade e a curiosidade natural das crianças, utilizar a ciência no desenvolvimento infantil contribui para diferentes aspectos de suas vidas.

Ao promover esse tipo de aprendizado, você contribui para que os pequenos:

  • aprendam a observar e formular hipóteses;
  • tenham interesse em criar experimentos e tirar conclusões sobre os resultados;
  • aprendam a estabelecer uma relação direta entre teoria e prática. 

Quer uma pequena prova disso? Então veja dois experimentos científicos bem simples que você pode fazer com seu filhos em casa.

Experiência da bexiga

Separe os seguintes materiais:

  • 1 bexiga,
  • 1 funil;
  • 1 garrafa pet de 600ml;
  • ½ xícara de vinagre branco;
  • 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio.

Coloque o bicarbonato de sódio dentro da bexiga (utilize o funil para facilitar), e o vinagre dentro da garrafa. 

Em seguida, encaixe a bexiga na boca da garrafa, evitando que seu conteúdo caia no vinagre antes de se certificar que está bem presa. Feito isso, deixe o bicarbonato cair dentro da garrafa e veja o resultado! 

A bexiga vai encher sozinha. Isso acontece graças à reação entre o ácido (vinagre) e a base (bicarbonato).

Experiência do pente e papéis

Para este experimento você vai precisar apenas de:

  • um pente de plástico;
  • pedaços bem pequenos de papel.

A experiência é bem simples: peça para que a criança esfregue o pente no cabelo. Em seguida, o posicione perto dos papéis. 

A fricção causará um déficit de carga no pente, fazendo com que atraia os papéis picados. 

Achou interessante e quer saber mais? Então acesse  Reação Educação e conheça mais sobre esse e outros de nossos projetos.

MENU