Geraldo Bernardes recebe o Troféu COI por sua trajetória no Olimpismo

Post 3 of 285
Geraldo Bernardes recebe o Troféu COI por sua trajetória no Olimpismo

O dia 18/12 foi de muita emoção para o nosso sensei Geraldo Bernardes. Ele recebeu o Troféu COI (Comitê Olímpico Internacional) na cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, realizado no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro.

O tema do prêmio este ano foi “Olimpismo em Ação”. O Comitê Olímpico Internacional devia indicar nomes de pessoas que tenham promovido a atividade física, a educação e o desenvolvimento por meio do esporte, a igualdade de gêneros, o esporte a serviço da Humanidade e a ajuda aos refugiados por meio do esporte e, dentro destes quesitos, o sensei Geraldo Bernardes é Faixa Preta!

Ele foi técnico da campeã olímpica Rafaela Silva (Rio 2016) e de Flávio Canto (bronze em Atenas 2004). Geraldo também é um dos fundadores do Instituto Reação e treinou os refugiados Yolande Mabike e Popole Misenga, que integraram o Time de Refugiados do COI nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

“Foi muita honra ter ganhado esse prêmio, principalmente porque envolve também uma conquista para o Reação. Eu divido esse prêmio com todos os funcionários do Instituto porque ninguém ganha nada sozinho. Fiquei muito emocionado”, disse Geraldo, que atualmente coordena o projeto Reação Olímpico.

A noite também foi de festa para a judoca Thayane Lemos, que ganhou o prêmio de melhor atleta dos Jogos Escolares da Juventude 2018. Na competição, ela conquistou um ouro e uma prata.

“Eu não esperava e fiquei muito feliz. É uma gratidão enorme estar aqui sendo homenageada”.

Parabéns, Geraldo e Thayne! O Reação se orgulha muito de vocês.

MENU