Histórias de Sucesso: Gustavo Sabino

“Sou formado graças a bolsa de estudo que o Reação me proporcionou. Agora que estou efetivado no trabalho, quero ajudar meus pais e fazer uma pós-graduação fora do país. Também sou voluntário no Instituto, é ótimo ajudar um lugar que já fez tanto por mim.”

Gustavo Sabino entrou no Reação aos 10 anos e hoje, aos 24, é um exemplo de faixa preta na vida. Morador da Rocinha, o judoca competiu por anos quando era mais jovem e sempre amou o esporte, mas com a idade, foi explorando novos interesses.

Resolveu estudar Sistema da Informação, se formando pela Estácio em 2017, com bolsa de estudo. Recentemente efetivado na multinacional IBM, ele atualmente contribui como voluntário para o Reação, ajudando o instituto com o sistema de gerenciamento de dados dos alunos.

Faixa marrom no judô, até hoje ele treina no instituto, mas agora com foco no jiu-jistu, esporte no qual é faixa roxa.

MENU