Por que é tão importante investir em ONG’s?

Post 8 of 425
Por que é tão importante investir em ONG’s?

Quem vê de fora o trabalho prestado pelas organizações do Terceiro Setor pode se questionar o porquê   de investir em ONGs. Afinal, ao ver alguns  resultados, tende a acreditar que tudo vai bem e que essas entidades já contam com os recursos e suportes necessários.

Porém, na prática, sem ajuda financeira diversos projetos sociais que realmente fazem a diferença na vida de muitas pessoas correm um sério risco de serem extintos.

Além desse, veja os demais motivos pelos quais é tão importante investir em ONGs e apoiar suas iniciativas.

Principais motivos para investir em ONGs

Um dos primeiros motivos que justificam a necessidade de investir em ONGs (Organizações Não Governamentais) está relacionado a como manter os projetos.

Obviamente, o trabalho voluntário é essencial para que tudo aconteça, porém, não apenas por voluntários são compostas essas entidades.

Uma ONG funciona como uma verdadeira empresa, a grande diferença é que não tem fins lucrativos. Dessa forma, seu progresso só acontece quando consegue manter em seu quadro, funcionários dos mais diferentes cargos para atender diversas necessidades.

Por exemplo, equipe de limpeza, segurança, coordenadores, planejadores, professores, profissionais especializados em variadas áreas etc.

Além disso, há custos fixos mensais que vão além do pagamento do salário desses colaboradores a aluguel, água, luz, internet, telefone, entre outras despesas.

Vale lembrar ainda que gastos extras também podem surgir, tais como aquisição de algum material de trabalho, conserto de equipamentos,  entre muitos outros.

Ou seja, assim como acontece nas empresas que visam lucros, ou mesmo em nossas residências, é preciso ter o mínimo de renda mensal para seguir em frente. 

No caso das organizações do Terceiro Setor, esses valores só são levantados quando quem pode contribuir entende a importância de investir em ONGs.

Porque você deve investir em ONGs

Mas além da parte prática, há também a questão humanitária quando falamos em investir em ONGs. Afinal, além de garantir a sobrevivência dessas entidades, sua participação é um incentivo para a continuidade dos projetos. 

Quando você encontra um propósito de ajuda que vá ao encontro daquilo que acredita, sua participação é uma maneira de dizer a eles que aquela causa é válida e que estão no caminho certo.

Além disso, há a sensação de dever cumprido, pois, ainda que não participe fisicamente, seu investimento financeiro é um dos motivos que permite com que inúmeras pessoas continuem a receber ajuda. Com isso, você também passa a fazer parte da mudança na vida delas.

Como escolher uma ONG para ajudar

Outro ponto que vale a pena ressaltar é que, além de ajudar a manter a ONG funcionando, seu investimento pode colaborar para expansão dos projetos sociais. Dessa forma, ainda mais pessoas poderão ser atendidas  pela entidade.

Também por esse motivo é importante escolher uma organização que defenda uma causa na qual você acredita. 

Além disso, para garantir que seu investimento será bem aproveitado, você deve buscar informações sobre a entidade, verificando seu histórico, credibilidade, projetos já realizados ou em andamento etc. É indicado também verificar se a prestação de contas está disponível para quem quiser verificar. 

Esses cuidados ajudam a investir em ONGs confiáveis e que realmente trabalham para em prol de um mundo melhor. O Instituto Reação, por exemplo, disponibiliza todas essas informações publicamente. 

No dia 10 de abril de 2020, inclusive, completamos 17 anos de atuação, tempo de trajetória que só se tornou possível graças aos nossos voluntários e apoiadores. 

Conheça mais sobre o Instituto Reação visitando o nosso site e veja como se tornar um de nossos parceiros!

MENU