prog001

Reação Escola Faixa Preta

O projeto socioesportivo Reação Escola Faixa Preta oferece aulas de judô e jiu-jitsu a mais de 1400 crianças, adolescentes e jovens entre 4 e 29 anos, moradores de comunidades em situação de vulnerabilidade, trabalhando os princípios e valores do esporte.

A proposta é desenvolver não somente as técnicas dessas modalidades esportivas, mas contribuir para o desenvolvimento social e humano dos jovens, formando faixas pretas dentro e fora do tatame. O judô, nesse sentido, é uma modalidade privilegiada, por carregar tradições e valores que são importantes instrumentos socioeducacionais, como a coragem, humildade, respeito, disciplina, determinação e solidariedade.

A participação das famílias também é incentivada pelo projeto por meio de atividades em grupo, desenvolvidas por psicólogos e assistentes sociais. Os encontros discutem assuntos relacionados ao seu cotidiano, território, garantia de direitos, funcionamento da rede socioassistencial, entre outros.

prog003

Reação Educação

Atuando de forma complementar, o Reação Educação busca construir um olhar crítico e uma postura ativa em seus alunos, ampliando a noção de que todos são atores importantes para a transformação da sociedade. O programa Reação Educação atua através da metodologia de projetos, criando projetos pedagógicos com um tema anual redigidos especificamente para cada faixa etária. Os temas estão inseridos dentro das macroáreas Vida Cidadã, Meio Ambiente, Arte e Cultura, e Corpo e Movimento, estimulando e desenvolvendo competências socioemocionais e cognitivas das crianças e jovens atendidos. Além disso, são utilizadas práticas inovadoras dentro e fora da sala de aula, proporcionando estudos do meio em espaços e eventos culturais da cidade. Mais de 450 alunos são beneficiados com o programa no Polo Rocinha.

Além das atividades pedagógicas, o Reação Educação também viabiliza o ingresso dos melhores alunos e colaboradores do Instituto em escolas e universidades particulares por meio de parcerias e com o apoio de padrinhos e madrinhas. Atualmente temos 70 alunos cursando o Ensino Fundamental e Médio, 30 alunos no Ensino Superior, 5 colaboradores cursando a pós-graduação e mais 30 pessoas, entre alunos e funcionários, contemplados com bolsas integrais de inglês.

prog002

Reação Olímpico

O Reação Olímpico tem como objetivo desenvolver atletas de alto rendimento para que participem de competições nacionais e internacionais. O programa oferece treinamento esportivo de judô a mais de 200 atletas, com mais de 11 anos, em três Centros de Treinamento Esportivo de Alto Rendimento: Rocinha, CDD-Taquara e Parque Olímpico.

Formar atletas de alto rendimento não é uma tarefa fácil, por isso o Instituto Reação conta com um time de treinadores com ampla experiência, bem como uma equipe multidisciplinar qualificada e especializada nas áreas de nutrição, fisioterapia, psicologia e preparação física. Esses profissionais trabalham sob a coordenação do Sensei Geraldo Bernardes, técnico da Seleção Brasileira de Judô em quatro Jogos Olímpicos, conquistando medalhas para o país em todas as edições; técnico do 1º Time Olímpico de Refugiados da história; e um dos poucos brasileiros a possuir a faixa vermelha de 9º Dan, segunda graduação mais alta do judô. Por sua trajetória no Olimpismo, Geraldo recebeu, em 2018, o Troféu COI (Comitê Olímpico Internacional) durante o Prêmio Brasil Olímpico.

Além de trazer para o judô brasileiro o 1º título mundial feminino da história em 2013 e o 1º ouro olímpico da Rio 2016, ambos com a atleta Rafaela Silva do Polo CDD-Taquara, o Instituto Reação conquistou uma série de resultados importantes nos últimos anos. Teve quatro de seus atletas participando dos últimos Jogos Olímpicos, dois no Time Brasil e dois no Time de Refugiados, além de ter sido campeão do Grand Prix Masculino (2017), três vezes campeão do Grand Prix Feminino e, na primeira edição do Grand Prix Interclubes Misto (2018), conquistou o 1° lugar geral. Além disso, foi campeão geral do Rio de Janeiro por doze vezes seguidas e, atualmente, tem atletas na Seleção Brasileira de Judô em todas as classes, do Sub-13 ao Sênior.

Desde 2012 recebemos o Troféu Itinerante da FJERJ (Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro), devido ao desempenho dos atletas nos Circuitos Estadual, Rio de Janeiro e no Campeonato de Kata.

MENU