Troca de Faixas da Rocinha apresenta seus resultados dentro e fora do tatame

Post 284 of 331
Troca de Faixas da Rocinha apresenta seus resultados dentro e fora do tatame

Esse sábado o tatame do Instituto Reação se encheu de sorrisos no evento de Troca de faixas do Polo Rocinha. Mais de 250 crianças e jovens participaram da cerimônia que, além de realizar o ritual de troca de faixas também contou com a apresentação dos trabalhos pedagógicos do Programa Reação Educação.

O evento foi conduzido pelo coordenador do Reação Escola de Judô Eduardo Soares, a coordenadora do Reação Educação Fátima Jundi, o coordenador de Esportes Fúlvio Miyata, o coordenador do Reação Olímpico Geraldo Bernardes e pelo Presidente do Instituto Reação, Flávio Canto.

O dia começou com a turma OBI 1, que apresentou o projeto Quanto Tempo o Tempo Tem com uma dança, guiada pela educadora Caroline Araújo. Os pequenos judocas trocaram de faixas logo em seguida, muitos pela primeira vez.

Em seguida entraram as crianças e jovens a partir de 8 anos, que meditaram coletivamente antes de iniciar as apresentações. A turma OBI 2, da educadora Lourdes Rosa, mostrou tudo que aprendeu sobre a comunicação com painéis e uma linda demonstração da linguagem de sinais; já a turma da educadora Jacinety Porto apresentou o projeto Contadores de Histórias com a música Aquarela e pinturas dos alunos. A turma OBI 3 e a Pré-equipe fecharam os projetos pedagógicos com o projeto Amanhã Será Melhor, sobre a ditadura e a democracia, com a música Caminhando e Cantando, de Geraldo Vandré.

Após a premiação das melhores redações do semestre, o evento foi encerrado com a troca de faixas dos judocas do segundo grupo, que jogaram as antigas cores para o alto e amarraram o símbolo de seu progresso dentro e fora do tatame em suas cinturas.

MENU